•  

    Habilidades Fundamentais 3

     

    Análise cognitiva para alunos a partir do 4.º ano até à idade adulta

    Autor: Isauro Blanco - Equipa Habilmind

     

  • Para que serve este questionário?

    Trata-se de uma análise cognitiva das habilidades fundamentais que influenciam a aprendizagem dos alunos.

    Dirigida a alunos a partir do 4.º ano de escolaridade até à idade adulta.

  • HF3 seleciona as habilidades intelectuais mais importantes

    Nesta prova, selecionámos habilidades que podemos agrupar em:

     

    • habilidades de raciocínio lógico-verbal;
    • habilidades de raciocínio lógico-matemático;
    • habilidades básicas de leitura.

    Habilidades de raciocínio lógico-verbal

    A aprendizagem depende fundamentalmente das habilidades de raciocínio verbal, pois toda a informação é processada através da linguagem apresentada sob a forma oral ou escrita.

    As três habilidades avaliadas neste grupo são:

    • Vocabulário: o aluno com pouco vocabulário encontra-se limitado no que concerne ao processamento da informação e, por conseguinte, a sua aprendizagem fica comprometida.
    • Leitura compreensiva básica: a compreensão leitora é alcançada a partir da adequada relação entre palavras para obtenção da ideia central de um parágrafo.
    • Compreensão de informação extensa: a compreensão de instruções e a utilização de informação extensa ocorrem quando o aluno é capaz de relacionar diferentes parágrafos para obter o significado de um texto na sua totalidade ou seguir uma instrução.

    Implicações de um raciocínio lógico-verbal deficitário​

    São basicamente dificuldades em:

    • entender um texto;
    • entender uma explicação;
    • entender o enunciado de um problema, etc.

    Habilidades de raciocínio lógico-matemático

    O segundo pilar fundamental da aprendizagem é o raciocínio matemático, que afeta não somente a utilização da matemática e as suas aplicações nas ciências, como também tem repercussões sobre o raciocínio abstrato: indução, dedução, implicações e gestão da informação simbólica geral.

     

    As três habilidades que medimos neste grupo são:

    • Apreensão de ações matemáticas: a habilidade para apreender ações matemáticas é o primeiro passo para a aprendizagem adequada das quatro operações aritméticas.
    • Pensamento crítico matemático: trata-se da habilidade de decidir corretamente quais são os conceitos necessários e em que ordem devem ser utilizados na resolução de problemas matemáticos não verbais.
    • Resolução de desafios matemáticos: esta habilidade permite-nos saber se os alunos conseguem resolver problemas aritméticos não verbais avançados, recorrendo às suas habilidades de mecanização matemática.

    Implicações de um raciocínio lógico-matemático deficitário​

    Dificuldades em todas as matérias relacionadas com a matemática e com o raciocínio abstrato em geral.

     

    No contexto atual, um défice das habilidades lógico-matemáticas pode condicionar muito o futuro do aluno.

    Habilidades básicas de leitura

    Medimos as habilidades que condicionam a leitura, porque esta é a ferramenta fundamental da aprendizagem a longo prazo; as suas raízes encontram-se no 1.º e 2.º ciclos do ensino básico e o seu desenvolvimento gradual e sistemático é muito importante.

    As três habilidades que medimos neste grupo são:

    • Captação visual de informação: 80% da informação que processamos é captada pelo canal visual, pelo que é essencial conhecer a precisão e a qualidade desta captação.
    • Discriminação visual: esta habilidade afeta a rapidez da leitura, ao detetar palavras conhecidas e ao associar as desconhecidas a padrões previamente instalados na mente. Além disso, tem um impacto importante na ortografia e na captação de diferenças e semelhanças.
    • Velocidade no reconhecimento de palavras: a leitura mecânica fluente, rápida e precisa condiciona a compreensão leitora.

    Implicações de um défice nas habilidades de leitura​

    As dificuldades que um aluno com poucas habilidades de leitura pode apresentar são múltiplas:

    • dificuldade em estudar;
    • dificuldade em concentrar-se na leitura;
    • preferência pelos estímulos proporcionados pelo ecrã, em detrimento dos textos escritos;
    • lentidão na aprendizagem, etc.
  • Como aplicar o questionário?

    Precisará do nome de utilizador, da palavra-passe e do endereço da plataforma da sua escola. Se não tiver estes dados, entre em contacto com o seu consultor.

  • Passo 1​

    Pelo menos um dia antes da aplicação do questionário: obtenha o manual.

     

    O manual é opcional, uma vez que a maioria dos questionários é intuitiva. Não obstante, é necessário para alguns deles. Sugerimos-lhe que tenha o manual do questionário no browser do seu telemóvel ou que o transfira e imprima.

    Passo 2

    Pelo menos um dia antes da aplicação do questionário: aplique-o a si próprio.

     

    Caso seja a primeira vez que vai aplicar o questionário, sugerimos-lhe que o aplique a si próprio antes de o aplicar junto dos alunos. Para o efeito, utilize um “Pepe Pruebas”, ou seja, um aluno que registamos em cada grupo para proceder a testes.

     

    Não se preocupe, utilize-o sem receio: os resultados deste “aluno de teste” não afetam a média do grupo.

    Passo 3

    Pelo menos um dia antes da aplicação do questionário: verifique se a lista de alunos está correta.

     

    Isto é fundamental! Imagine que vai dar início à prova e… falta um aluno! Ou que vai aplicar o Socioemociograma e, de repente, aparece na lista um aluno que não existe! Sugerimos que verifique se as listas na plataforma Habilmind correspondem a alunos reais.

    Passo 4

    No dia da aplicação do questionário: gere a senha temporária e aplique o questionário.

     

    A senha temporária expira após algumas horas; pode configurá-la.

     

    É muito fácil :-)

     

    Não obstante, tenha à mão o contacto do seu consultor, para o caso de precisar de assistência durante a aplicação. Não se esqueça de ter o site do manual aberto no seu telemóvel.

  • Já apliquei o questionário, e agora?

    Agora, está na altura de analisar os resultados e proceder a ações com base neles. Ajudamo-lo nesta etapa.

  • Passo 1​

    Aceda aos resultados do grupo.

     

    Depois de aceder à plataforma, clique no questionário e siga as instruções da imagem.

    Passo 2

    Procure o grupo sobre o qual pretende ver os resultados.

    Passo 3

    Analise os resultados do grupo.

     

    Considere a legenda das siglas de cada habilidade:

    CUM vocabulário; CRM leitura compreensiva básica; CSM compreensão de informação extensa; CSS apreensão de ações matemáticas; ESS pensamento crítico matemático; NSS solução de desafios matemáticos CUF captação visual; EUF discriminação visual; NTS leitura rápida e precisa.

     

    1. Ano de escolaridade

    2. Grupo

    3. e 4. Habilidades com piores resultados: identifique as habilidades com piores resultados no seu grupo. Neste caso, CUM (vocabulário) e CSS (apreensão de ações matemáticas).

    5. Habilidades com melhores resultados: identifique as habilidades mais desenvolvidas no seu grupo. Neste caso, CUF (captação visual) e NSS (solução de desafios matemáticos).

    6. Identifique os alunos com os piores resultados. Neste caso, “Andrea Sánchez” ou “Juan Castillo” (para estas demos, gerámos nomes com base em combinações aleatórias de nomes e apelidos).

    7. Identifique os alunos com os melhores resultados. Por exemplo, “Mauricio González”, “Fernando Vázquez”.

    8. Identifique os alunos que ainda não realizaram o questionário. Por exemplo, “Santiago Sandoval”.

    9. Pode obter informação sobre as notas máximas atingidas no grupo, as médias e as mínimas.

     

    Passo 4

    Analise detalhadamente alguns alunos.

     

    Clique na opção “ver” à esquerda do nome de cada aluno.

     

    O relatório fornece todas as informações necessárias. Sugerimos apenas que dedique o tempo necessário para

    a sua leitura.

     

    Não é necessário ler todos :-) Concentre-se naqueles que lhe suscitem maior interesse e onde seja necessário mais intervenção.

  • Intervenção em grupo através de recomendações práticas para o professor

  • Passo 1​

    Aceda ao “relatório de grupo para docentes”.​

     

    Encontrará esta opção no menu da esquerda. Clique

    e selecione o grupo que deseja analisar.

     

    Na primeira janela, irá ver o seguinte:

    Passo 2

    Navegue entre janelas.

    Passo 3

    Dados comparativos, conclusão e transferência​

    Passo 4

    Reúna-se com os professores.​

     

    Sugestões para este passo:

    • Reúna-se com o diretor e dê-lhe a conhecer os resultados. Converse com este sobre a possibilidade de organizar uma reunião com os professores, no sentido de partilhar os resultados, identificar necessidades e definir ações de melhoria. Dir-lhe-á que sim :-) Tente que assista à reunião com os professores. 
    • Convoque a reunião com os professores de um ciclo (por exemplo, 1.º ciclo). 
    • Envie o relatório do seu grupo a cada professor (no ponto anterior, pode ver como descarregá-lo). Explique o motivo da reunião. 

    Na reunião:

    • Dê a conhecer os resultados: utilize um projetor e navegue na plataforma, nos resultados, relatórios, etc.
    • Questione os professores sobre os seus alunos com resultados mais baixos e também sobre aqueles que eventualmente tenham maiores capacidades.
    • Analise com eles as recomendações práticas.
    • Definam em conjunto o tipo de ações que podem ser realizadas no sentido de estimular o grupo de alunos, dando prioridade àqueles que revelem uma maior necessidade de intervenção.
    • Marque uma reunião de acompanhamento para daí a alguns meses.

  • Intervenção individual através de estimulação em período de lazer

    Este questionário gera um relatório adaptado aos pais dos alunos, com os resultados e com recomendações de exercitação das habilidades cognitivas, em casa e durante o tempo de lazer.

    Visualize um relatório de recomendações para pais.​

    Basta selecionar um aluno no “painel de resultados”, clicando em “ver”, e depois clicar em “recomendações para pais” no menu da esquerda.

     

    Vai aparecer o seguinte:

     

    É de salientar que:

    • Centramo-nos nas sugestões de estimulação.
    • Constatamos que as habilidades intelectuais podem ser melhoradas.
    • As próprias recomendações servem para os pais compreenderem a importância deste estímulo em casa e a sua responsabilidade pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento das habilidades.

    Aceda a “conclusão e download”

    O objetivo da comparação é incentivar os pais a estimularem cognitivamente os alunos, constatando, caso exista, a diferença dos resultados dos seus filhos relativamente ao contexto envolvente.

    Já conhecemos os relatórios destinados aos pais. Como fazê-los chegar?​

    Explicamos a seguir as diferentes alternativas, com as suas vantagens e desvantagens:

    • entrega presencial individual;
    • entrega presencial em grupo;
    • entrega por e-mail em formato PDF;
    • entrega do nome de utilizador e palavra-passe;
    • não proceder à entrega.
  • Opção 1​

    Entrega presencial individual

     

    Consiste em reunir-se pessoalmente com os pais de cada aluno, aproveitando os tutoriais feitos com os pais. O PDF que geramos pode ser impresso e entregue fisicamente.

     

    Vantagens da entrega presencial:

    1. Maior nível de motivação dos pais.

    2. Resolução de dúvidas que possam surgir.

    3. Maior eficácia desta estratégia de intervenção.

    4. Melhoria da perceção dos pais relativamente à instituição escolar.

     

    Desvantagem: maior esforço por parte da instituição escolar.

    Algumas escolas acrescentam um custo para os pais por este serviço muito específico quando é realizado por um psicólogo (custo do psicólogo, custo dos materiais impressos, custo dos serviços Habilmind, etc.)

    Opção 2

    Entrega presencial em grupo

     

    Neste caso, convocamos os pais pessoalmente para irem à escola. Esta convocatória pode ser feita:

    • a todos os pais;
    • por ciclos (1.º ciclo, 2.º ciclo, etc.).

    Vantagens:

    • Menos esforço do que a entrega presencial individual.

    • Mais tempo para aprofundar do que se a entrega for feita individualmente.

    • Pode ser complementado com a entrega presencial individual.

    • Bom nível de motivação para os pais que assistem.

    Desvantagens:

    • Uma parte dos pais não irá exprimir as suas dúvidas.
    • Outra parte não comparecerá.

    Sugestões:

    1. Entregue os relatórios após a palestra. Uma grande parte das dúvidas que possam surgir será resolvida durante a conversa.

    2. Avaliar a possibilidade de entregar apenas aos pais que assistem. Desta forma, é provável que obtenha um número maior de participantes.

    Opção 3

    Entrega por e-mail em formato PDF
     

    Esta opção consiste no envio aos pais, por e-mail, do relatório dos seus filhos.

     

    Vantagens:

    • Menor esforço por parte da instituição educativa.

    Desvantagens:

    • Menos eficácia pedagógica do que as opções anteriores.
    • Os pais podem ter dúvidas, levando a um aumento do número de reuniões e tutoriais.

    Opção 4

    Entrega do nome de utilizador e palavra-passe

     

    Para obter os nomes de utilizador e palavra-passe dos pais, contacte o seu consultor.

     

    Esta opção consiste no envio aos pais, por e-mail, do nome de utilizador e palavra-passe, para que possam ver os relatórios.

     

    Vantagens:

    • Menor esforço por parte da instituição educativa.

    Desvantagens:

    • Menos eficácia pedagógica que as opções anteriores.
    • Os pais podem ter dúvidas relativamente aos resultados, levando a um aumento do número de reuniões e tutoriais.
    • Alguns pais podem ter dificuldade em entender as instruções de acesso, o que poderá exigir um aumento da assistência prestada.

    Opção 5

    Não proceder à entrega

     

    Esta opção é a escolhida por uma parte das escolas. Tem uma série de vantagens e desvantagens.

     

    Vantagem: eliminação do esforço realizado pela escola no que toca à intervenção pedagógica junto dos pais.

    Desvantagem: nenhuma intervenção por parte dos pais no desenvolvimento cognitivo do aluno.

    Porque é que algumas escolas optam por não entregar os relatórios?

     

    1. Receio face às reações dos pais quando veem os relatórios dos filhos.

     

    A este propósito, informe que os alunos estão a ser avaliados continuamente pela instituição educativa. Normalmente, os alunos com problemas de aprendizagem têm resultados fracos a nível académico e nas provas cognitivas da Habilmind. Estes relatórios ajudam a compreender o porquê da situação e oferecem uma eventual solução.

     

    2. Não dispor de um especialista ou falta de tempo do mesmo.

     

    O sistema de relatórios da Habilmind está preparado para ser interpretado por qualquer pessoa, não é preciso ser-se um especialista. Não obstante, julgamos que cada escola deveria ter pelo menos um psicólogo em tempo integral, dada a importância deste profissional no universo educativo.

  • Qual é a importância destes questionários?

    Para os professores

    São questionários muito úteis para os professores, na medida em que fornecem informações sobre o desenvolvimento das habilidades cognitivas dos alunos, contribuindo para:

     

    • Antecipar o nível de dificuldade com que os seus alunos se podem deparar durante a aprendizagem.
    • Compreender e atender à diversidade do seu grupo de alunos com mais facilidade.
    • Fomentar o nível de motivação e atenção dos seus alunos.
    • Promover as habilidades que favorecem a aprendizagem para toda a vida e alcançar a excelência e a inclusão educativa.

    Para os pais

    Estes questionários fornecem informação muito valorizada pelas famílias, uma vez que lhes permitem:

    • Conhecer os pontos fortes e as fragilidades dos seus filhos através do relatório de resultados.
    • Estimular facilmente em casa as habilidades dos seus filhos, graças às recomendações práticas incluídas nos relatórios.
    • Obter informação objetiva, por forma a compreender quais as habilidades que podem estar a prejudicar o desempenho académico dos seus filhos.

    Para a equipa de direção​

    São questionários com muito interesse para a direção das instituições de educação, uma vez que dão a conhecer a forma como os alunos estão a desenvolver as suas habilidades cognitivas, aquelas que lhes permitirão as aprendizagens no presente e prosseguir com êxito as aprendizagens futuras.

     

    A plataforma oferece informação filtrada que permite comparar turmas, anos de escolaridade e etapas, de modo a:

    • Acompanhar e monitorizar os seus alunos.
    • Obter uma visão geral com informação estratégica que facilite o processo de tomada de decisões a nível pedagógico.
    • Demonstrar às famílias os esforços e a preocupação em atender realmente à diversidade.

    Para os orientadores e psicólogos​

    Graças ao seu elevado valor pedagógico, estes questionários são um grande aliado do orientador escolar, uma vez que obtém de forma simples e automática uma avaliação cognitiva dos alunos, com o objetivo de:

    • Detetar eficientemente, em tempo e recursos, os alunos que requerem uma intervenção mais específica.
    • Diminuir o tempo de avaliação.
    • Aumentar o tempo de intervenção junto de alunos, famílias e professores.
    • Obter informação objetiva de apoio aos professores na sua atividade docente.
    • Atender à diversidade de forma real e individualizada.
    • Promover a excelência e a inclusão educativa.
    ×
    La información contenida en este mensaje y/o archivo(s) adjunto(s), enviada desde HABILMIND SL, es confidencial/privilegiada y está destinada a ser leída sólo por la(s) persona(s) a la(s) que va dirigida. Le recordamos que sus datos han sido incorporados en el sistema de tratamiento de HABILMIND SL y que siempre y cuando se cumplan los requisitos exigidos por la normativa, usted podrá ejercer sus derechos de acceso, rectificación, limitación de tratamiento, supresión, portabilidad y oposición/revocación, en los términos que establece la normativa vigente en materia de protección de datos, dirigiendo su petición a la dirección postal C/ FERRAZ 28 2 IZQ 28008, MADRID o bien a través de correo electrónico JOAQUIN@HABILMIND.COM Si usted lee este mensaje y no es el destinatario señalado, el empleado o el agente responsable de entregar el mensaje al destinatario, o ha recibido esta comunicación por error, le informamos que está totalmente prohibida, y puede ser ilegal, cualquier divulgación, distribución o reproducción de esta comunicación, y le rogamos que nos lo notifique inmediatamente y nos devuelva el mensaje original a la dirección arriba mencionada. Gracias
    
    ×
    La información contenida en este mensaje y/o archivo(s) adjunto(s), enviada desde HABILMIND SL, es confidencial/privilegiada y está destinada a ser leída sólo por la(s) persona(s) a la(s) que va dirigida. Le recordamos que sus datos han sido incorporados en el sistema de tratamiento de HABILMIND SL y que siempre y cuando se cumplan los requisitos exigidos por la normativa, usted podrá ejercer sus derechos de acceso, rectificación, limitación de tratamiento, supresión, portabilidad y oposición/revocación, en los términos que establece la normativa vigente en materia de protección de datos, dirigiendo su petición a la dirección postal C/ FERRAZ 28 2 IZQ 28008, MADRID o bien a través de correo electrónico JOAQUIN@HABILMIND.COM Si usted lee este mensaje y no es el destinatario señalado, el empleado o el agente responsable de entregar el mensaje al destinatario, o ha recibido esta comunicación por error, le informamos que está totalmente prohibida, y puede ser ilegal, cualquier divulgación, distribución o reproducción de esta comunicación, y le rogamos que nos lo notifique inmediatamente y nos devuelva el mensaje original a la dirección arriba mencionada. Gracias